sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Filho de peixe (ou talvez nao...)

Vindos de Portugal, país com ampla tradicao de pesca, foi preciso vir até^`a Costa Rica para lancar o anzol pela primeira vez! Claro que podemos dizer que a primeira vez que pescamos foi com um indígena, mas mesmo assim...
Sendo eu neta de dois pescadores, estava certa que ia pescar qualquer coisa! Qual quê! A sorte de principiante estava toda do lado do Helder, que foi o único que pescou alguma coisa. E que coisa! O Tilápia que pescou tinha aí uns 40 com e foi o nosso jantar (acompanhado de arroz e feijao, claro!).
Pedimos desculpa por nao existir a típica foto do orgulhoso pescador a mostrar o seu troféu ainda de anzol na boca, mas mais uma vez, a máquina fotografica ficou em casa.
Quando voltramos vamos investir em linha de pesca e anzol (tudo o que é preciso). As taínhas da Baía do Seixal que se cuidem!

3 comentários:

Cátia disse...

Sim sr... parabéns ó Berga! Realmente, só faltou a tal foto do pescador e do pescado :)

Então quer dizer que vamos ter peixinho fresquinho aos fins de semana, né?

nuno brolock disse...

sabes, o filho de peixe também não sabe pescar, sabe é nadar...

Daniela disse...

Tainha pa todos!