quinta-feira, 4 de junho de 2009

FAQ

P: Vão para onde?

R: Vamos para a Costa Rica. É um pequeno país da América Central de clima tropical, que tem apostado fortemente na preservação ambiental e no ecoturismo. É também dos poucos países desmilitarizados do mundo. Mais pormenores sobre a CR brevemente neste blog!

P: Passaram-se de vez?

R: Isso vai depender da visão de cada um. Estamos juntos há uma eternidade e estamos numa fase em que das duas uma: ou compramos casa e seguimos o rumo habitual da vida, ou então arriscamos. Optamos pela segunda opção. Só vamos viver uma vez… Se optássemos pela primeira, provavelmente nunca mais teríamos esta hipótese. Trata-se de fazer algo que queremos, simplesmente por isso…

P: O que vão fazer?

R: Em princípio vamos estar em 3 sítios diferentes: um mais no interior, na selva tropical onde vamos trabalhar em construções naturais, permacultura e trabalho com a comunidade. O segundo sítio é no litoral pacífico, num ecolodge que recebe turistas um pouco “alternativos”, ligados ao yoga, meditação e espiritualidade. Lá iremos trabalhar em hotelaria e turismo, e também em agricultura biológica e tudo o que for preciso. Por fim gostaríamos de passar 15 dias numa reserva indígena no norte. Ai o trabalho passa sobretudo pela reflorestação, artesanato e preservação cultural. No entanto as hipóteses ainda estão muito em aberto...

P: O que esperam ganhar com isso?

R: Acima de tudo uma experiência! É fácil dizer que se gosta de viajar, de conhecer outras culturas e estilos de vida, mas será que numas férias de 15 dias se consegue isso? Queremos aprender, como diz alguém que conhecemos “ser uma esponja” de tudo o que nos quiserem transmitir. Em termos mais práticos, trabalhar em áreas que gostamos, adquirir conhecimentos, aprender espanhol. Além disso vamos fazer voluntariado e contribuir com o nosso trabalho para causas que consideramos nobres, e só por isso já vale a pena.

P: E quando voltarem?

R: Quando voltarmos queremos uma mega recepção no aeroporto! Agora a sério, quando voltarmos logo se vê! Apesar de poder parecer uma loucura para alguns isto foi muito bem pensado e não vamos viver debaixo da ponte ou ter de arrumar carros quando voltarmos. Gostaríamos de voltar com uma experiência enriquecedora e que nos alargasse os horizontes. Não sabemos quais vão ser os nossos objectivos, não sabemos como estará o mercado de trabalho, por isso fazer planos muito mais além não faz sentido neste momento!

P: Ok, continuo a achar que se passaram de vez… Vão e voltam quando?

R: Vamos no início de Agosto, a pensar voltar no início de Novembro.

5 comentários:

nuno brolock disse...

what a faq!?
Esse alguém da 'esponja' sou eu!!!! (a não ser que conheçam mais pessoas a usar a mesma imagem).

Cláudia L. disse...

Lá está... a tal história da esponja!
Não vou falar em direitos de autor, porque devemos ser nós e mais mil a usar esta expressão. Mas é uma coincidência feliz.

Daniela disse...

Pois é, estava a pensar na Clau, mas não se zanguem por isso! Somos todos umas esponjinhas felizes!

nuno brolock disse...

Zangar?! Já passei uma esponja sobre esse assunto...
:)

Anónimo disse...

Olá!
Será que posso "entrar" no vosso blog???

malucos não....corajosos!
patê